Saltar para a informação do produto
1 de 1

Educação, Sociedade & Culturas Nº16

Educação, Sociedade & Culturas Nº16

Emancipação e regulação na educação

Stephen R. Stoer (dir.)

PVP
Preço normal €12,27 EUR
Preço normal €13,63 EUR Preço de saldo €12,27 EUR
PROMOÇÃO 10% ESGOTADO
"(…) Emancipação para o projecto de modernidade significava dominar a mudança social através da dominação da natureza e dos destinos do ser humano e era uma emancipação no singular, homogénea e totalmente abrangente. Hoje parece fazer mais sentido falar de emancipações, no plural, e da gestão da mudança social em vez de sua dominação. (…)"

Artigos
  • Aldaíza Sposati 
    "Movimentos utópicos da contemporaneidade: Diálogo com Boaventura de Sousa Santos"
  • Reinaldo Fleuri 
    "Desafios à educação intercultural no Brasil"
  • Maria José Casa-Nova 
    "Etnicidade e classes sociais – Em torno do valor heurístico da conceptualização da etnia como categoria social"
  • Rui Gomes 
    "Tecnologias de governo da população escolar: As tecnologias da autonomia e a nova subjectividade escolar"
  • Roger Dale 
    "Globalização e educação: Demonstrando a existência de uma “cultura educacional mundial comum” ou localizando uma “agenda globalmente estruturada para a educação”?"

Diálogos sobre o vivido 

  • José Luís Fernandes & Tiago Neves (Orgs.) 
    Comentário de Miguel Chaves 
    "Investigação etnográfica em territórios psicotrópicos: Notas de terreno e comentário"

Arquivo

  • Rolland G. Paulston 
    "Mapeando a educação comparada depois da pós-modernidade"

Recensões

  • "Culturas juvenis, percursos femininos: experiências e subjectividades na educação das raparigas" - Laura Fonseca , por Conceição Rocha & Paula Sousa

Ano de edição: 2001

Páginas: 256

Coleção: Educação, Sociedade & Culturas

Dimensões: 17 x 24 cm

Encadernação: Brochado

ISSN: 0872-7643

Ver detalhes completos

Stephen R. Stoer

Stephen R. Stoer, de origem anglo-americana, fixou-se em Portugal, após o 25 de Abril de 1974, adotando, então, a sua terceira nacionalidade (portuguesa). Foi peça-chave na criação da primeira licenciatura em Ciências da Educação em Portugal na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, de que foi Professor Catedrático. Fundador do Centro de Investigação e Intervenção Educativa (CIIE) e também fundador e diretor da revista Educação, Sociedade & Culturas (1994-2003), enquanto investigador, continua a ser referência internacional na área da sociologia, das políticas educativas e grande impulsionador na consolidação da Sociologia da Educação em Portugal. Carlos Aberto Torres, em 2007, escreveu: "Steve Stoer foi um dos melhores sociólogos da educação do mundo, ponto final. Penso que não há outra maneira de caracterizar a sua presença, produtividade e imaginação sociológica em Portugal, na União Europeia e no mundo". Em 2005, foi condecorado com a Grã-Cruz da Ordem da Instrução Pública e, a título póstumo, em 2007, foi homenageado como Figura Eminente da Universidade do Porto.

Da mesma coleção