Saltar para a informação do produto
1 de 1

Psicodrama Nº9 - Revista da Sociedade Portuguesa de Psicodrama

Psicodrama Nº9 - Revista da Sociedade Portuguesa de Psicodrama

António Roma Torres (dir.)

PVP
Preço normal €9,00 EUR
Preço normal €10,00 EUR Preço de saldo €9,00 EUR
PROMOÇÃO 10% ESGOTADO
A revista Psicodrama, órgão da Sociedade Portuguesa de Psicodrama, lançou o seu oitavo número no 13o Congresso Português de Psicodrama em Baião. No editorial o Director, António Roma Torres, faz o obituário de Zerka T. Moreno (1917 - 2016), que após a morte do marido e fundador do Psicodrama, J. L. Moreno, em 1974, exerceu um magistério longo sobre toda a comunidade internacional de psicodramatistas. O corpo da revista apresenta 6 artigos com variados temas nas áreas do psicodrama e do sociodrama, que versam questões teóricas como a espontaneidade, entre Bergson e Bachelar (Ana Gaspar e António Gonzalez) ou uma teoria do objecto em psicodrama (António Roma Torres), ou experiências práticas no sociodrama com crianças (Celso Teixeira e Sara de Sousa), na complementaridade com a musicoterapia (João Paulo Ribeiro e Artur Malícia Ribeiro) ou no tratamento da obesidade (Filipa Mucha Vieira) e na cessação tabágica (Stravos Kevolopoulos e Eleni Karamanou). O presente número inclui ainda transcrições de duas comunicações orais, de Carlos Amaral Dias sobre a hipótese terapêutica e do Pe Carreira das Neves reflectindo sobre intersecções do psicodrama com a antropolgia e os estudos bíblicos.

Ano de edição: 2018

Páginas: 88

Coleção: Psicodrama

Encadernação: Brochado

ISSN: 0874-1700

Ver detalhes completos

António Roma Torres

Médico Psiquiatra, Diretor da Clínica de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar São João (Porto).
Membro co-fundador da Sociedade Portuguesa de Psicodrama e da Federation of European Psychodrama Trainig Organizations (FEPTO).
Membro eleito do Board of Directors (2001-2009) da Internacional Association for Group Psychotherapy and Group Processes (IAGP).
Crítico de cinema do Jornal de Notícias (1975-2001), do semanário Voz Portucalense (1971-1974) e da revista de cinema A Grande Ilusão (1984-1996).
Autor dos livros Cinema Português, Ano Gulbenkian (1974), Cinema, Arte e Ideologia (Edições Afrontamento, 1975), Cinema Saúde Doença (Org., 2010) e, nesta coleção, O Rei da Áustria (2014) e Novo Céu (2014).

Da mesma coleção