Saltar para a informação do produto
1 de 1

Simplesmente Porto

Simplesmente Porto

Helder Pacheco

PVP
Preço normal €30,60 EUR
Preço normal €34,00 EUR Preço de saldo €30,60 EUR
PROMOÇÃO 10% ESGOTADO
Escreveu Torga: «A vida é feita de nadas». E Jean Marc Guillaume (em La Politique du Patrimoine) dizia que «o que torna o quotidiano ainda habitável e poético são as artes inumeráveis e secretas da memória e do esquecimento». De tudo isto se trata neste livro. Os nadas servem para esquecer porque não reparamos neles e vemos a realidade com olhos aparentemente conformados a certa forma de compromisso com a indiferença. Mas servem, igualmente, para ser usados e tornados reais, embora não importem muito (achamos nós, desprevenidos) na configuração do espaço urbano e da nossa própria urbanidade. É como se não existissem. Todavia - como Jean Marc é verdadeiro! -, pensando bem, quanta poesia discreta e, por vezes, um tanto inverosímil transmitem ao quotidiano que habitamos! Porque estes nadas fazem parte da cidade que parece invisível, quase não se pressente, mas torna-se inconfundível pelas coisas e os gestos a que chamamos as trivialidades do vulgar.

Ano de edição: 2020

Páginas: 208

Coleção: Álbuns

Dimensões: 22,6 x 26,8 cm

Encadernação: Cartonado

ISBN: 978-972-36-1825-9

Ver detalhes completos

Helder Pacheco

Helder Pacheco é natural da Vitória, Porto. Professor de História Social e cultural do Porto, Quadro Técnico do Ministério da Educação (1960/1993). Investigador das culturas populares e escritor. Cronista do Jornal de Notícias e da Revista "Sítios e Memórias". Autor de ensaios e estudos sobre Património Cultural editados em jornais e revistas de todo o país.

Da mesma coleção