Saltar para a informação do produto
1 de 1

Memórias de Peyroteo

Memórias de Peyroteo

A autobiografia do maior goleador do futebol português

João Nuno Coelho e Francisco Pinheiro

PROMOÇÃO 10% ESGOTADO
Por ocasião dos 75 anos de estreia de Fernando Peyroteo com a camisola do Sporting Clube de Portugal, na temporada 1937/38, vimos apresentar a reedição do livro Memórias de Peyroteo, publicado originalmente em meados da década de 50. Numa edição de autor, Fernando Peyroteo lançou em 1957 a sua autobiografia. Algo inédito até essa data no futebol português e que continuaria a ser raro até aos nossos dias. A presente reedição da obra pretende dar a conhecer a vida e carreira de um futebolista de dimensão igualmente rara e que protagonizou proezas também elas ainda inéditas, que lhe asseguram o estatuto de melhor marcador (331 golos) de sempre do Campeonato Nacional da I Divisão, o maior número de golos (9) num só jogo da prova e a melhor média de golos por jogo (1.68) de sempre em campeonatos nacionais, à escala planetária. No prefácio, o «mestre» do jornalismo desportivo e do futebol, Cândido de Oliveira, definiu Peyroteo como «o nosso mais extraordinário avançado-centro». A obra foi reformulada a partir do original de 1957, com os coordenadores da mesma, o sociólogo João Nuno Coelho e o historiador Francisco Pinheiro, a reordenarem a estrutura original, orientando o leitor através de textos que permitem perceber a dinâmica do livro e cada uma das fases da vida de Fernando Peyroteo. Conta ainda com um livro interior de fotografias, que traça alguns dos principais momentos da vida de uma das maiores figuras da história do Sporting Clube de Portugal no século XX.

Ano de edição: 2013

Páginas: 304

Coleção: História e Desporto

Dimensões: 15,1 x 22,8 cm

Encadernação: Brochado

ISBN: 978-972-36-1273-8

Ver detalhes completos

João Nuno Coelho

João Nuno Coelho é sociólogo. Mestre e Licenciado em Sociologia pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.
Vencedor em 1999 da 1.ª Edição do Prémio Jovem Cientista Social de Língua Portuguesa, do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Autor da obra Portugal, a equipa de todos nós. Nacionalismo, futebol e os media (Afrontamento, 2001), A Nossa Selecção em 50 Jogos, 1921-2004 (Afrontamento, 2004) e da coletânea Futebol Globalizado (Análise Social e Routledge, 2006). Lecionou Sociologia da Arte na Escola Superior Artística do Porto (2003-2007). É membro do Grupo de História e Desporto do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa. Nos últimos anos integrou a Football Ideas, colaborando com diversos media nos campos da análise e estatística do futebol, sendo um dos rostos do programa televisivo Liga dos Últimos, da RTP.

Francisco Pinheiro

Francisco Pinheiro é investigador de pós-doutoramento no CEIS20 (Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX), na Universidade de Coimbra. Doutorado em História e Mestre em Estudos Históricos Europeus pela Universidade de Évora. Licenciado em Jornalismo Internacional e Bacharel em Comunicação Social pela Escola Superior de Jornalismo do Porto. Coordena o Grupo História e Desporto do IHC-UNL/CEIS20-UC.


Da mesma coleção