Saltar para a informação do produto
1 de 1

Los Moros

Los Moros

José Viale Moutinho

PVP
Preço normal €10,91 EUR
Preço normal €12,12 EUR Preço de saldo €10,91 EUR
PROMOÇÃO 10% ESGOTADO
"Nos finais da década de 1980, o comandante Baltazar Negrões, homem de convicções monárquicas, nostálgico de Paiva Couceiro e D. Sebastião, Mestre em História Medieval e Assistente da Faculdade de Letras do Porto, partiu da cidade donde houve nome Portugal, à frente de um bando de vinte e três milicianos de vária condição e estirpe, com a missão gloriosa de reconquistar a aldeia de San Felices de los Moros, na margem do Rio Águeda a breve distância de Castelo Rodrigo, por direito adjudicada à coroa. «E agora ali estavam eles – conta um dos narradores de Los Moros – para recuperar uma povoação desde os tempos do senhor D. Dinis que, apesar de consignada portguesa em documento oficial, o Tratado de Alcanizes, fora subtilmente subtraída ao território nacional».
José Viale Moutinho, com esta ficção repassada da mais fina ironia, como é seu timbre, vem denunciar não só o perjúrio e a traição dos sucessores de D. Fernando, mas sobretudo a cobardia histórica dos descendentes de D. Dinis, uma vez que a ficcional San Felices de los Moros, figurada em vários episódios da sua história trágica, da Idade Média aos nossos dias, corresponde de facto a San Felices de los Gallegos."
Do prefácio de Luís Adriano Carlos

Ano de edição: 2008

Páginas: 108

Coleção: Fixões

Dimensões: 14,4 x 22,8

Encadernação: Brochado

ISBN: 978-972-36-0993-6

Ver detalhes completos

José Viale Moutinho

José Viale Moutinho nasceu no Funchal, em 1945. Jornalista e escritor, tem várias obras editadas, algumas delas traduzidas nas mais diversas línguas, como o russo, búlgaro, castelhano, alemão, italiano, catalão, asturiano e galego. Estreou-se em 1968 com a novela Natureza Morta Iluminada. Foi diretor da Associação Portuguesa de Escritores, da Sociedade Portuguesa de Antropologia e Etnologia, do Círculo de Cultura Teatral e presidente da Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto. É sócio do Pen Clube Português, da Academia de Letras de Campos de Jordão (Brasil) e membro honorário da Real Academia Galega. Autor de cerca de meia centena de livros para crianças, bem como de trabalhos nas áreas de investigação de Literatura Popular, da Guerra Civil de Espanha e da deportação espanhola nos campos de concentração nazis, bem como de estudos sobre Camilo e Trindade Coelho. Ficcionista e poeta, recebeu, entre outros: Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco/ APE, Prémio Edmundo de Bettencourt de Conto e de Poesia, Prémios de Reportagem Kopke, Norberto Lopes/Casa da Imprensa de Lisboa e El Adelanto (Salamanca); Pedrón de Honra (Santiago de Compostela). Traduções em castelhano, galego, catalão, italiano, alemão, russo, esloveno, búlgaro, asturiano, entre outros idiomas.

Da mesma coleção