Saltar para a informação do produto
1 de 1

Casas e Montes da Serra entre as Estrelas do Alentejo e do Algarve

Casas e Montes da Serra entre as Estrelas do Alentejo e do Algarve

Forma, processo e escala no estudo da arquitetura vernacular

Miguel Reimão Costa

PVP
Preço normal €36,00 EUR
Preço normal €40,00 EUR Preço de saldo €36,00 EUR
PROMOÇÃO 10% ESGOTADO
«Na maior parte dos montes, desde o Baixo Guadiana a Vertente Ocidental, os seus habitantes justificam reiteradamente a génese destes vãos entaipados ao conturbado período da guerra civil de oitocentos quando a Serra serviu de retiro e quartel às guerrilhas miguelistas. Independentemente da veracidade desta narrativa que, como dissemos, se repete em inúmeros e distantes lugares da Serra, ela acaba por traduzir, em cada um destes testemunhos, a ideia de uma grande casa comum.
Ainda que apareça associada a circunstâncias históricas muito adversas, esta ideia da grande casa comum constitui uma alegoria do monte entendido enquanto habitação de uma grande família alargada (no sentido genérico do termo) ou, pelo menos, como conjunto edificado inerente a uma comunidade marcada por intricadas relações de parentesco, permitindo-nos compreender, de uma outra forma, a organização característica destes assentamentos no período moderno, desde a escala dos conjuntos edificados até a escala do espaço ´ maior do rossio."

Ano de edição: 2015

Páginas: 496

Coleção: Álbuns

Dimensões: 21,1 x 29,3 cm

Encadernação: Brochado

ISBN: 978-972-36-1383-4

Ver detalhes completos

Miguel Reimão Costa

Miguel Reimão Costa é Professor Auxiliar na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade do Algarve. Nasceu em Faro em 1971. É arquiteto pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto desde 1995. Completou a sua formação enquanto estudante e arquiteto em Nápoles, Macau, Nova Iorque e Sevilha. Até 2004 foi membro da cooperativa de projetos Cooptar, em Faro, onde foi coautor de diversos projetos de arquitetura, alguns dos quais publicados em revista da especialidade. Coordenou o Gabinete Técnico de Apoio às Aldeias do Algarve – Sotavento (Ccdr Algarve) entre 2001 e 2004. Foi o investigador responsável pelo projeto “Património Rural Construído do Baixo Guadiana” (Odiana / Leader 3B – Medocc). Em 2009 prestou provas de doutoramento na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, concluindo a sua investigação na condição de bolseiro da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. É, desde o início de 2013, o investigador responsável pelo projeto “Arquitetura tradicional da vila e do termo de Mértola” (CAM / InAlentejo). É atualmente investigador integrado do Centro de Estudos de Arqueologia, Artes e Ciências do Património / Campo Arqueológico de Mértola (CEAACP/CAM) e membro do Centro de Estudos em Património, Paisagem e Construção da Universidade do Algarve (CEPAC).

Da mesma coleção