Saltar para a informação do produto
1 de 1

A Cidade da Participação

A Cidade da Participação

Projecto de Arquitectura básica participada na Ilha da Bela Vista

Fernando Matos Rodrigues, António J. Cerejeira Fontes, Manuel Carlos Silva e André Cerejeira Fontes (coord.)

PVP
Preço normal €23,40 EUR
Preço normal €26,00 EUR Preço de saldo €23,40 EUR
PROMOÇÃO 10% ESGOTADO
Com o fim das obras da primeira fase de renovação da ilha da Bela Vista, com os moradores instalados nas suas casas definitivas e outros ainda em processo de realojamento na própria ilha, com o início da segunda e última fase do programa de habitação básica participada, decidimos promover a edição deste trabalho em parceria com as Edições Afrontamento de forma a contribuir para a divulgação de todo este processo implementado desde 2013 pelo Lahb, pela Associação de Moradores da Bela Vista, pelo CICS.Nova_UMinho e pela Câmara Municipal do Porto.
Este livro aparece também integrado na Exposição «A CIDADE DA PARTICIPAÇÃO», numa parceria entre a Ordem dos Arquitectos Secção Regional Norte, o Lahb-Imago, o CICS.Nova_UMinho, a Associação de Moradores e a Câmara Municipal do Porto e um conjunto de parceiros que patrocinaram e possibilitaram a sua materialização.
Assim, procedemos à elaboração do layout com a colaboração do Gabinete de Arquitectura Cerejeira Fontes - Imago, associando o excelente trabalho de registo fotográfico da autoria de Susana Varela bem como um conjunto de ensaios sobre a problemática da arquitectura e do desenho participativo, dos métodos colaborativos e participativos em contextos de intervenção-acção em prol do direito à habitação e à cidade.

Ano de edição: 2016

Páginas: 168

Coleção: Álbuns

Dimensões: 28,1 x 27,7 cm

Encadernação: Brochado

ISBN: 978-972-36-1533-3

Ver detalhes completos

Fernando Matos Rodrigues

Fernando Matos Rodrigues é Mestre em Antropologia e com Curso de Doutoramento em Teoria da Arquitetura e Projeto Arquitetónico pela Universidade de Valladolid, Doutorando em Sociologia e investigador no CICS.Nova na Universidade do Minho, docente de Antropologia do Espaço no Curso de Arquitetura da ESAP (1991-2013), é Diretor do Laboratório de Habitação Básica e tem investigado e publicado em áreas da antropologia do espaço, da cidade, da habitação e das metodologias participativas.

António J. Cerejeira Fontes

António J. Cerejeira Fontes é Engenheiro Civil desde 1992 e Arquiteto desde 2000, é Especialista em Planeamento Urbano. Doutorando na Universidade do Minho, é Docente Convidado na Universidade do Minho e em várias instituições de ensino superior na Europa. Sócio fundador da Cerejeira Fontes Architects, foi vencedor de diversos prémios (inter)nacionais e selecionado para várias exposições internacionais, além de (co)autor em diversas publicações sobre espaço urbano e habitação.

Manuel Carlos Silva

Doutorado pela Universidade de Amesterdão em Ciências Sociais e Políticas. Professor catedrático e Diretor do Centro de Investigação em Ciências Sociais (CICS) na Universidade do Minho (2002 - 2014). Distinguido com o Prémio Sedas Nunes pela obra "Resistir e Adaptar-se" (1998, Afrontamento) sobre o campesinato, tem publicado sobre o rural-urbano, desenvolvimento e desigualdades sociais (de classe, étnicas e género). (Co)organizador de Congressos nacionais e internacionais, foi Presidente da Associação Portuguesa de Sociologia (2010-2012).

André Cerejeira Fontes

Engenheiro Civil desde 1992. Arquitecto desde 2000. Mestre em Planeamento Urbano. Doutorando na Universidade do Minho. Docente na Universidade do Minho. Sócio fundador da Cerejeira Fontes Architects. Menção honrosa do Prémio Secil Engenharia Civil de 2005. Nomeado para shortlist do World Architectural Festival de 2009. Nomeado para o Prémio Secil de Arquitectura de 2010. Nomeado para a shortlist do World Architecture News de 2010 na categoria comercial. Nomeado para a shortlist do World Architecture News Interior Design Awards 2011 na categoria de cultura e civil. Vencedor do Concurso Building of the Year de 2011 da Archdaily na categoria de arquitectura religiosa. Vencedor do Prémio Arquitectura Jovem Internacional atribuído pelo Comité Internacional de Críticos de Arquitectura no âmbito da XIV Bienal Internacional de Arquitectura de Buenos Aires de 2013. Voto de Louvor Extraordinário no Prémio Nacional de Arquitectura de madeira de 2015.

Da mesma coleção